Fantástico. Ou não?

112

Nosso penúltimo século é tão rico em segredos que os respeitados escritores de ficção científica do século 20 deveriam ter olhado para o passado. Embora isto não estivesse ao alcance do homem comum. Felizmente agora chegou o século 21 digital que, entre outros benefícios, criou arquivos digitais com os quais ricas bibliotecas tornaram-se visíveis tanto no mapa como na vida mundial.

Ao examinar antigas fotografias em arquivos digitais, às vezes temos vontade de escrever um romance fantástico. Mas seria mesmo fantástico?

É agradável trabalhar com os arquivos digitais do Brasil, onde o censor não estava suficientemente motivado. Às vezes você aprende coisas úteis para si mesmo. Se, no material fornecido pela Biblioteca Nacional da Nova Zelândia, até mesmo os telhados das casas foram eliminados, sem exceção e em todas as fotos, como pode ser visto aqui a olho nu,

атмосферное электричество tech_dancer

então nos arquivos do Brasil há algo para ver. Mas não vamos nos desviar do assunto, e sim ler um pouco de ficção.

Era uma vez países onde estes bondes circulavam (veja a foto principal). Parece que eram bondes comuns, mas ... sem pantógrafo e fios. Eu já escrevi a este respeito sobre muitos países. Na verdade, havia muitos destes bondes em todos os continentes.

атмосферное электричество tech_dancer
Bondes utilizados para casamentos e batizados, da Companhia de Carris de Ferro, produzidos a partir de 1878

атмосферное электричество tech_dancer

Fantástico. Ou não? tech_dancer

Houve até mesmo uma discussão a respeito e fui, com toda a razão, convencido de que não havia milagres: o fornecimento de energia para os bondes estava nos trilhos. Leitores imediatamente podem reagir com ceticismo a respeito deste conceito tecnológico. Está claro que, com este método de transferência de energia, as perdas excedem o trabalho útil. E os bondes andariam até a primeira chuva. Mas todos os bondes andavam. E até mesmo durante mais de um ano, de forma experimental, em algumas exemplares capitais progressistas da época.

атмосферное электричество tech_dancer
Igreja de São Francisco de Paula, centro histórico do Rio de Janeiro, Brasil

Se você olhar com atenção, não há nenhum fio ligado ao bonde, e a carga que ele carrega é bastante significativa. E a decoração interior de tais bondes pode surpreender de muitas maneiras.

атмосферное электричество tech_dancer
Interior do bonde de luxo utilizado na linha Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, Brasil, em 1898

Acontece que havia bondes de luxo. É difícil imaginar algo assim em qualquer parte do nosso país. Mas, no entanto, havia bondes como estes e há apenas algumas centenas de anos atrás. Fiquei especialmente atraído pela cúpula no teto. O que há nele? Se a iluminação já estiver lá, provavelmente há outra coisa. Seriam alto-falantes? Provavelmente não, muito ousado para este tempo. Embora .. quem sabe. Mas a julgar pelos materiais de arquivo daqueles anos, não sabemos muito e nada pode ser descartado. Por exemplo,  aconteceram exposições industriais com a produção da época:

атмосферное электричество tech_dancer
Exposição Universal de Eletricidade, Paris, 1881. Fotogafia dedicada à "Sua Majestade, o Imperador do Brasil"

Esta é simplesmente a exposição em Paris de realizações no setor elétrico, no ano de 1881. Se você aumentar e diminuir o zoom na foto, verá que todo o pavilhão está cheio de dispositivos estranhos, mas você não irá encontrar nenhum objeto de geração de eletricidade na forma em que os imaginamos. Há muitos modelos de igrejas, bem como treliças, mastros e outros produtos, nos quais existem mini cúpulas. E, estranhamente, muitas lâmpadas estão acesas e brilham. É de algum lugar de fora que vem o cabo de alimentação, ou é tudo com baterias? Isto é uma fantasia. E talvez a mesma energia esteja concentrada em mini cúpulas como estas?

атмосферное электричество tech_dancer

No catálogo, elas são chamadas modestamente de produtos industriais. Bons produtos, aparentemente. Há até mesmo (no canto da mesa à direita) uma delas na forma de um menorá. E, provavelmente, não o fizeram por estética.

атмосферное электричество tech_dancer

Ao instalar estas mini cúpulas em um lustre, provavelmente ele forneça luz, se no seu lugar central for colocada uma lâmpada de fabricação especial. Ou você pode fazer de outro modo. Por exemplo:

атмосферное электричество tech_dancer
Fotografia de Marc Ferrez
атмосферное электричество tech_dancer
Fotografia de Marc Ferrez

Se você olhar de perto, as lâmpadas gêmeas funcionam graças à suspensão que se move para cima e para baixo. E como eles distendem os fios elétricos ou canos de gás (se houver gás)? Provavelmente, a coisa toda não é nada disto, e sim a estrutura de um contrapeso, no qual é mantido o segredo, chamado na Europa pela curta palavra tain.

Mas é claro que eles não fizeram estes artigos somente para lustres.

атмосферное электричество tech_dancer
Largo das Neves, bairro de Santa Teresa, Rio de Janeiro, Brasil. Fotografia de Augusto Malta

Como podemos ver, eles foram maciçamente moldados em postes, graças aos quais nossos bondes andavam. Mas ... algo aconteceu, e os bondes mudaram para outro tipo de fonte de alimentação, como se vê nesta foto. As mini cúpulas ainda estão de pé, talvez ainda sejam usadas nas casas próximas, ou talvez simplesmente tenham esquecido de desmontá-las. Acontece. Mas o que pode ser dito aqui, se os banheiros públicos também tem cúpulas como as da exposição?

атмосферное электричество tech_dancer

Uma espécie de modelo da Catedral de São Pedro, somente para dar vazão a algumas necessidades. Mais uma vez, algum tipo de fantasia... E a borda picotada da parte inferior da cúpula do banheiro, claramente também não é por acaso.

атмосферное электричество tech_dancer

Se alguém imagina uma geometria fractal, então aqui está um bom exemplo.  E esta franja não está aqui pela estética. A construção de um telhado como este nada mais é do que um modelo modificado da cúpula de uma igreja ortodoxa, onde duas "maçãs" estão no topo, e o material metálico das vigas, na cobertura, forma um zimbório (cúpula, domo, abóbada). Esta cúpula é obtida com o trabalho disperso ao longo de todo o perímetro do telhado. Tecnicamente muito competente. E reduz o trabalho. Qualquer altura em tais instalações às vezes complica a operação. O mesmo princípio de estrutura também foi utilizado nestas construções:

атмосферное электричество tech_dancer
Praia Vermelha, Rio de Janeiro, Brasil. Pavilhão da Fábrica de Tecidos Bangu. Exposição Nacional de 1908

Portanto, temos aqui um país fantástico onde não é necessário extrair petróleo e travar batalhas por causa dele. E havia países como este em todos os continentes onde existia uma civilização, até que um círculo restrito de pessoas surgiu com um brilhante modo de enriquecer às custas do que antes era livre. Por várias décadas este método foi implementado, mas isto é outra história.

Mas já que começamos a falar sobre cúpulas e maçãs, provavelmente vale a pena observar algo mais.

атмосферное электричество tech_dancer
Praia Vermelha, Rio de Janeiro, Brasil. Exposição Nacional de 1908
атмосферное электричество tech_dancer
Praia Vermelha, Rio de Janeiro, Brasil. Entrada principal da Exposição Nacional de 1908
атмосферное электричество tech_dancer
Praia Vermelha, Rio de Janeiro, Brasil. Exposição Nacional de 1908

Alguém já viu cúpulas de igreja de vidro? Provavelmente não. E lâmpadas que brilhem tão intensamente? Como esta cúpula poderia brilhar como uma lâmpada gigante? Na primeira foto, além disto, o brilho das lâmpadas da cúpula diminui gradualmente para baixo, o que contradiz todas as leis da física. Novamente fantástico. Poderia haver um gerador que servisse de fonte de alimentação para tal número de lâmpadas? Muito provavelmente, se fossem lâmpadas incandescentes, a sua capacidade total seria considerável. Mas vamos rever a foto da exposição de eletricidade. Poderia haver dispostitivos que pudessem converter a energia da atmosfera em energia utilizável, por exemplo, para a operação de instrumentos mecânicos?

атмосферное электричество tech_dancer

Provavelmente poderia .. Opa ... Nada de tubos de entrada, nada de saída, nem de manômetros. Isto não é um tanque para cerveja. Não lembra nada?

атмосферное электричество tech_dancer

Esta é uma igreja com uma fonte de água potável, localizada em uma cidade da província do Império Russo (esta pequena igreja agora não existe mais). Dentro dela havia uma bomba de águas profundas que enviava água para um prédio com alto nível de elevação de água. As válvulas do motor desta bomba estavam dentro da igreja, nos compartimentos laterais. E na foto anterior, as válvulas estão visíveis, do lado de fora. Neste caso, o motor não funciona na bomba, mas nos eixos mecânicos fixados nas paredes. É fantástico …

O grupo de pesquisadores já está trabalhando na restauração da tecnologia perdida. Nós convidamos você a cooperar.

Ao utilizar qualquer material dos artigos, é obrigatório fornecer a indicação do autor juntamente com o link para ©tech_dancer tart-aria.info

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Эта статья также доступна на следующих языках:
  • +1
  • -0
  • 1 rating
1 ratingX
Like!Dislike!
100%0%

tech_dancer
Разносторонне развитый инженер.